Liderança|Perfil

Hoje em dia, falar em público é uma competência que tem feito a diferença. Independentemente de sua área de atuação, é preciso mostrar aos outros quais são os seus conhecimentos, e isso se faz por meio da fala. Seja em uma apresentação no trabalho, numa reunião, ou mesmo no dia a dia de determinadas profissões – como gerentes e professores –, a habilidade de falar em público é cada vez mais necessária e valorizada. O problema é que, por traços da personalidade ou por eventos traumáticos do passado, muitas pessoas ainda têm receio de mostrar sua oratória. Há aqueles que acreditam que o texto falado não fica tão bom quanto o escrito, em que há mais tempo para se pensar nas frases. E há, também, aqueles que simplesmente se intimidam, com medo dos julgamentos de quem o ouvir. Seja por um ou por outro motivo, separamos algumas dicas para fazer da arte de falar em público algo menos ameaçador e mais tranquilo: 1. Estude e ensaie com frequência Tudo vai ficar mais tranquilo se você tiver certeza do que estiver falando. Seus argumentos estão fortes? As informações que você usa são verídicas, oriundas de fontes confiáveis? Se o conteúdo estiver bem definido, seu nervosismo vai diminuir. Da mesma forma, a prática vai levar à perfeição. Quando o assunto já estiver dominado, é hora de ensaiar, o que pode ser feito em casa, com um amigo, ou sozinho mesmo. Há quem prefira falar olhando para o espelho, prestando atenção nos gestos e expressões, mas também há quem goste de filmar a si mesmo e depois observar o vídeo, analisando e corrigindo o que for preciso. Só não seja muito crítico consigo mesmo nessa hora, pois isso pode acabar te bloqueando ao invés de te ajudar. Mantenha a naturalidade e lembre-se: perfeição não existe. 2. Pense em formas de estimular sua fala em público no dia a dia Talvez o problema principal seja a timidez. Se você conseguir, aos poucos, conversar e expor suas opiniões em pequenos grupos, de amigos, familiares e pessoas em quem você confia, vai construir uma segurança maior em si mesmo na hora de falar o que pensa. Conversar, cantar num karaokê, fazer aulas de teatro ou de canto são atividades que te ajudam a desenvolver segurança, melhorar a voz e a postura corporal e também a lidar com a timidez. 3. Conhecer a si mesmo Timidez? Insegurança com a informação? Medo de ser julgado? Algum trauma do passado? São muitas as possíveis causas para o medo de falar em público. Se for algo crônico, realmente difícil de combater, vale a pena recorrer à ajuda especializada. Há coaches e treinadores especializados em técnicas de oratória, prontos para te auxiliar. Se for uma limitação pessoal mais séria, como a necessidade de superar algum trauma, por exemplo, vale a pena contar com profissionais, como psicólogos e fonoaudiólogos, pois eles conhecem as técnicas para identificar e te ajudar a superar essas barreiras, desenvolvendo todo o seu potencial de falar em público.
15 de agosto de 2019

3 passos para falar em público sem sufoco

Hoje em dia, falar em público é uma competência que tem feito a diferença. Independentemente de sua área de atuação, é preciso mostrar aos...

Autoconfiança: o divisor de águas da vida profissional
1 de agosto de 2019

Autoconfiança: o divisor de águas da vida profissional

Uma carreira de sucesso exige estudo, especializações e, acima de tudo, prática. Muitas vezes, o que impede o sucesso profissional é exatamente essa transição...

O perfil do empreendedor do futuro – Você se enquadra?
31 de julho de 2019

O perfil do empreendedor do futuro – Você se enquadra?

Hoje em dia, saber lidar com a mudança e com a transformação é pré-requisito para qualquer atividade profissional. Com aqueles que dirigem instituições e...

Saiba como escolher um mentor e veja seus negócios decolarem
25 de julho de 2019

Saiba como escolher um mentor e veja seus negócios decolarem

Hoje em dia, é praticamente um consenso: quem quer ver a carreira e os negócios prosperarem precisa de um mentor. Pelo exemplo e pelas...

Como se adaptar às circunstâncias?
18 de julho de 2019

Como se adaptar às circunstâncias?

Diz a Biologia que, na luta pela sobrevivência dos seres, não necessariamente o mais forte sobrevive, mas sim aquele que melhor se adapta ao...

Conheça 5 pilares da construção de uma liderança forte
11 de julho de 2019

Conheça 5 pilares da construção de uma liderança forte

Há uma diferença muito grande entre saber o significado teórico de liderança e conhecer os meios práticos para exercê-la de forma eficaz. É por...

Como estimular processos de inovação?
10 de julho de 2019

Como estimular processos de inovação?

Hoje em dia, a inovação é o antídoto para uma competitividade absurda, nunca antes vista, em basicamente qualquer nicho de mercado. Assim, esses processos...

Oportunidades de negócios: como identificá-las?
4 de julho de 2019

Oportunidades de negócios: como identificá-las?

Grandes empreendedores carregam consigo uma espécie de “faro” para grandes oportunidades de negócios. Parece que é um dom que já nasce com eles, mas...

Competitividade: defeito ou virtude?
3 de julho de 2019

Competitividade: defeito ou virtude?

A competitividade pode ser vista como uma característica positiva no meio empreendedor e no mercado de trabalho, de maneira geral. Ela se refere à...

O que diferencia um empreendedor comum de um empreendedor de sucesso? – Parte 2
27 de junho de 2019

O que diferencia um empreendedor comum de um empreendedor de sucesso? – Parte 2

Em nosso último post, começamos a ver alguns hábitos que fazem dos empreendedores pessoas de verdadeiro sucesso. Se você está, ou deseja ingressar, nessa...

Receba promoções, ofertas e conteúdo exclusivo.

Preencha abaixo.