Blog

Como ser um empreendedor sem medo? – Parte 1
28 de agosto de 2019

Como ser um empreendedor sem medo? – Parte 1

Vestir a camisa do empreendedorismo não é simplesmente encontrar uma fonte de renda, mas assumir um estilo de vida que depende muito de si mesmo. Naturalmente, você precisará e contará com outras pessoas nessa jornada, mas as “borboletas no estômago” aparecem e fazem muita gente desistir ainda no início.

O sonho de ser chefe de si mesmo exige muito empenho e determinação, mas vale a pena, no sentido de proporcionar diferentes liberdades, sobretudo a financeira. Assim, fique atento às dicas a seguir:

  1. Desenvolva o seu “empreendedor interno”:

Ninguém nasce empreendedor. Algumas pessoas podem nascer com uma aptidão mais natural para a liderança, mas não há nada nesse sentido que não possa ser aprendido. A busca por uma boa oportunidade de negócios passa pela iniciativa, entre outras características.

Entre elas, podemos citar: concentração, motivação, disciplina, criatividade, inteligência emocional, atualização em relação às tendências de mercado, apreço por tecnologia e marketing e criatividade. Estudando e colocando em prática esses pontos, você se tornará mais confiante para empreender.

  1. Estude o “terreno” antes de plantar a ideia

Há muitas variáveis que precisam ser decifradas antes de se começar um negócio próprio. É preciso analisar o tamanho do mercado potencial, a concorrência, o comportamento do consumidor, os preços praticados, a abrangência geográfica do negócio, funcionários, colaboradores, estrutura física e digital e por aí vai.

Como ser um empreendedor sem medo? – Parte 1

Por isso, é importante ter conhecimentos também sobre gestão empresarial, incluindo marketing e finanças. Estudar esses aspectos ameniza os riscos do negócio e, consequentemente, essa insegurança inicial.

  1. Planeje o seu negócio

Essa é a fase que mais demanda tempo e conhecimento, mas, sem ela, nada vai dar certo. Você precisa colocar no papel o seu plano de negócios, pensando nos produtos ou serviços que irá ofertar, nas estimativas de demanda na região de atuação, na logística necessária e nos meios de explorar os seus diferenciais competitivos para vencer a concorrência.

O empreendedorismo não deixa de ser uma competição. Por isso, faça um planejamento bem detalhado para não perder. Se julgar necessário, peça ajuda a alguém com mais experiência na construção de um plano de negócios.

  1. Planeje as contas da empresa

Antes de implementar suas ideias, certifique-se de que há capital suficiente para abrir o negócio. Além disso, inclua nessa conta também o capital de giro. Novamente, vale a pena contar com consultores especializados para verificar a viabilidade financeira do negócio.

Há empresas que oferecem linhas de financiamento, mas é necessário avaliar cuidadosamente as condições do negócio, pois há juros envolvidos. Nada de fazer do seu empreendimento uma bola de neve de dívidas, ok?


Tags:, , , ,


Receba promoções, ofertas e conteúdo exclusivo.

Preencha abaixo.