Blog

Investir com pouco dinheiro? Veja 5 formas de fazer acontecer!
27 de agosto de 2019

Investir com pouco dinheiro? Veja 5 formas de fazer acontecer!

Uma das crenças limitantes mais fortes em relação ao dinheiro é a de que é preciso ter um grande montante inicial para começar a investir. Isso não é verdade, já que há opções disponíveis em que não é preciso muito para entrar no negócio. O que é preciso é conhecimento, além de determinação. Por isso, confira, a seguir, 5 maneiras de investir com pouco:

  1. Defina objetivos e prazos

Investir por investir ou porque está “na moda” não é algo que vai levar sua motivação muito adiante. Assim, estabeleça metas – em curto, médio e longo prazo. Seja uma roupa, um curso, um imóvel ou uma viagem internacional, coloque tudo no papel e defina prazos, 1, 5, 15 anos. Escreva num papel, pois, segundo especialistas, tendemos a levar mais a sério aquilo que registramos “oficialmente”.

  1. Otimize seu tempo para aprender

Se você conseguir pegar meia horinha do seu dia (pode ser aquela que você passa na rede social, fazendo nada importante) para aprender sobre investimentos e educação financeira, já estará à frente de muita gente.

Seja em livros, blogs e até mesmo em canais de vídeos na internet, o importante é adquirir conhecimento de fontes confiáveis. Quanto mais sabedoria você acumular, melhores serão as decisões que tomará e, consequentemente, os seus rendimentos.

  1. Entenda que não é preciso ser um expert

Aprender sobre investimentos não exige um diploma universitário. O que importa é sempre unir a teoria à prática. Se preferir, pode começar investindo quantias menores para sentir-se mais seguro.

Investir com pouco dinheiro? Veja 5 formas de fazer acontecer!

Assim, você experimenta, testa, compara e identifica o que é mais vantajoso para alcançar aqueles objetivos que você determinou lá no início do texto. No início, você vai cometer erros, mas são eles que te darão experiência e confiança com o passar do tempo. Daí a importância de começar com menos dinheiro, assim os erros não serão tão prejudiciais.

  1. Entenda que alguns sacrifícios serão necessários

Começar a investir requer um ponto óbvio: ter o dinheiro que será investido. Se você não está conseguindo que sobre uma determinada quantia no fim do mês, será preciso promover algumas mudanças no seu padrão de vida, até que você consiga obter essa quantia.

Essa é a parte chata da história, mas ela é necessária. Sua independência financeira do futuro depende do que você faz agora. Se mantiver um estilo de vida de consumo sem reflexão e sem pesquisa, será mesmo difícil ver seu dinheiro render. Pense sempre em longo prazo – daí a importância de usar seus sonhos como fonte de motivação.

  1. Conheça a palavra-chave: planejamento

Algumas pessoas podem se perguntar “OK, mas se eu só pensar no futuro, vou viver uma vida sem prazer nenhum no presente?”. Essa é uma pergunta válida, desde que você não a utilize como desculpa para não investir.

É possível fazer pequenos sacrifícios, sem prejudicar muito a qualidade de vida no presente, desde que você saiba planejar suas despesas. Você sabe diferenciar o que deseja do que precisa? Você aproveita promoções? Você pesquisa preços entre marcas e pontos de vendas?

Pense nesses questionamentos e, mais ainda, no sacrifício que você faz para conseguir seu dinheiro. Assim, você não dará um destino qualquer a ele. Não se sabote e pense sempre em seus objetivos.


Tags:, , , ,


Receba promoções, ofertas e conteúdo exclusivo.

Preencha abaixo.